CASAMENTOS

LUCIANA E EUGÊNIO

Parei alguns minutos para só olhar essa foto e sentir o que ela transmitia, e o maior sentimento que sentia, foi o de paz.

O  destino que temos traçado pode ser árduo, difícil, complicado, e até  com certas vontades de desistir, mas isso tudo se torna um fardo pesado  quando estamos sozinho.


Paz, no meu humilde conhecimento, é ter o  coração calmo e a mente tranquila para saber lidar com o pior e o  melhor momento de nossas vidas, é colocar a cabeça no travesseiro toda  noite, respirar fundo, e ter um sono tranquilo.

Estar presente em  casamentos virou uma rotina pra mim, é uma responsabilidade que eu gosto  de ter, de sentir, e de carregar, e o mais legal é que eu aprendi a  carregar esse fardo e de me sensibilizar com a história de cada casal.

Esse  sentimento na foto de vocês não veio por nada, veio por toda a história  que eu senti vindo de vocês. Vi que quando uma pessoa chega em nossas  vidas, e ela quebra nossas regras (tão bobas às vezes), quebra nossos  sonhos individualistas, nossas ambições (mais bobas ainda às vezes),  nossos caminhos, essa pessoa que tem esse poder de mover nosso ar, e  nosso ritmo do coração, certamente é o nosso fardo.

Fardo esse que entendo que o carregar, é simplesmente, cuidar.

Cuidar de um amor, cuidar de um caminho, cuidar de vários sonhos multiplicados por 2,3,4, talvez até 5..

Cuidar  tem um significado próximo de amar, quando amor e cuidado estão  presentes, o caminho ou destino traçado, fica muito mais leve, muito  mais gostoso de se viver, e com muito mais cor! Traz confiança, faz a  gente ter a sensação de sermos o super-herói preferido do nosso amor.


Eugênio  e Luciana são exatamente assim, eles sentem um ao outro, eles sonham  juntos, compartilham o sentimento, e acima de tudo isso, são  completamente amores compatíveis.